4 minutos de leitura

API significa Application Programming Interface – Interface de Programação de Aplicativos – e corresponde a um conjunto de instruções e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software. De forma mais simples, é um conjunto de regras que determina como o programador deve realizar uma tarefa, conectando softwares.

 

Em um mundo onde diversas aplicações podem ser acessadas diretamente pela tela de um celular, as API’s são grandes responsáveis pela conexão e interação entre softwares, plataformas e ferramentas para que tudo funcione em conjunto.

 

o que é api

 

O que é API?

 

Segundo o Free Online Dictionary of Computing (1994), API é uma ferramenta que realiza a comunicação entre aplicações para compartilhar suas ações, ferramentas, padrões e protocolos. Essa interface gera conversa de software para software, ou seja, é um processo realizado no back-end de aplicações, onde o usuário não vê a interação de pedido e resposta acontecendo. O que ele percebe é a possibilidade de realizar diversas tarefas em um só lugar.  

 

Para facilitar, vamos aos exemplos. Podemos comparar a API  com um garçom de um restaurante. O cliente, neste caso a aplicação que deseja receber os serviços, recebe do garçom o menu com todos os itens daquele restaurante. Ao escolher uma opção, o garçom leva o pedido até a cozinha, ou seja, a aplicação da API, onde por sua vez os cozinheiros, que são os serviços compartilhados pela aplicação, realizam o pedido como foi descrito pelo cliente. Ao concluir o pedido, o cozinheiro avisa o garçom que entrega o pedido ao cliente, completando o processo de requisição de API.

 

o que é api

 

Na prática, uma empresa de software lança sua API para o público de modo que outros criadores de software possam desenvolver produtos acionados por esse serviço. O Mercado Livre, por exemplo, disponibiliza a sua API de modo que desenvolvedores de sites possam obter acesso mais fácil a informações sobre seus produtos. Com a utilização da API do Mercado Livre em um site independente, esse pode postar links diretamente para produtos da MercadoLivre, com preços atualizados e uma opção que permite compra imediata.

 

Com as APIs, os aplicativos conversam uns com os outros sem conhecimento ou intervenção dos usuários. Quando você compra ingressos de cinema online, o site de ingressos usa uma API para enviar a sua informação de cartão de crédito a um aplicativo remoto que verifica se os dados procedem. Assim que o pagamento é confirmado, o aplicativo remoto envia uma resposta ao site de ingressos liberando a emissão dos ingressos adquiridos. Ou seja, várias tarefas de plataformas diferentes são concluídas em um só lugar.

 

 

API, biblioteca e framework

 

Muitas vezes, esses três termos são utilizados para os mesmos objetivos, mas suas definições são diferentes. A biblioteca normalmente é uma implementação real e mais concreta das regras de uma API. A biblioteca precisa respeitar as regras da API sempre, mas não precisa ter sua implementação estável. Você pode ter uma biblioteca de manipulação strings, de expressões regulares, de coleções de dados, de manipulação de arquivos, acesso a um banco de dados, manipulação de imagens, etc.

 

Já o framework normalmente é um conjunto de bibliotecas para conseguir executar uma operação maior. É comum um framework encapsular os comportamentos da API em implementações mais complexas, permitindo o seu uso de forma mais flexível, frequentemente através de extensões, configurações e inversões de controle.

 

Para que serve a API na programação?

 

Nesse ponto, já deve ter ficado claro um pouco da importância da API para a programação. Ao conectar softwares, as API’s têm papel essencial na criação de aplicativos. Os aplicativos que conhecemos hoje só são possíveis a partir da ligação entre sistemas e ferramentas e isso acontece por meio da API.

 

Ao utilizarmos o Uber, por exemplo, conectamos nossa localização do celular ao mapa e a interface do sistema ao solicitar a corrida. Ao final, conectamos a interface ao sistema do cartão de crédito para pagar automaticamente e finalizar a corrida.

 

Dentro dos negócios, a inserção das API’s nos sites e aplicativos de diversos nichos de mercado faz com que seja extremamente mais fácil coletar e armazenar informações unindo diversas ferramentas de análise de forma simples, prática e funcional, sempre mantendo a segurança e a estabilidade na execução.

 

Bora aprender mais sobre o funcionamento e implementação da API nas suas aplicações? Vem entender de protocolo HTTP, Rest API e boas práticas com nossa live online e gratuita!

 

blog back end

 

O que é API e para que serve dentro da programação?
Avalie esse post
Você pode também gostar