Até 2020, vão existir 1,4 milhões de empregos para especialistas em computação. Existe muito debate sobre como todo mundo deveria aprender a programar. Em um tempo onde a linguagem de computação se mostra tão importante quanto aprender uma segunda língua, faz sentido que ensinar crianças a programar seja parte da grade escolar.

 

O básico de código não é uma tarefa necessariamente difícil de entender e começar a aprender ainda cedo é a melhor forma de preparar as crianças a responder questões, encontrar soluções e ver novas possibilidades para o que são capazes de criar.

 

Então quando deveríamos começar a ensinar crianças a programar?

 

Ainda existe pouca pesquisa feita no sentido de entender a melhor idade para começar a ensinar programação para crianças. Como a leitura ou escrita, o aprendizado de programação é sobre aprender os fundamentos da lógica e construí-los com o tempo.

 

Algumas pesquisas indicam que crianças adquirem a habilidade da linguagem mais rápido entre 4 e 6 anos, sendo mais difícil aprender quando expostos a esse aprendizado apenas depois dos 7 anos. Seria, então, nesse mesmo período a melhor época para começar a entender código.

 

A maioria dos aplicativos e jogos para crianças codificarem são indicados para idades a partir de 5 anos. Crianças nessa idade obviamente não se tornarão programadores, mas estarão ganhando habilidades que irão fazer com que vejam que a programação é uma ferramenta criativa, como o desenho ou a palavra.

 

Os verdadeiros conhecimentos vem quando a criança adquire interesse por entender como jogos ou aplicativos funcionam, coisas que estão presentes constantemente em suas vidas atuais. Aplicativos mais avançados de aprendizado são feitos para crianças a partir de 8 anos.

 

Curso de programação para crianças

 

Ainda que já existam algumas oportunidades de escolas que possuem a programação como parte das tarefas escolares, é difícil encontrar locais acessíveis a todos. As soluções para isso tem sido iniciativas como os acampamentos para codificar, bootcamps e cursos técnicos.

 

No Brasil, existem iniciativas como o Code Club, uma rede mundial de clubes de programação para crianças feitos por voluntários. Desenvolvido pelo laboratório de mídia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e voltado a crianças e adolescentes, a plataforma Scratch também está disponível em português e ensina a lógica da programação através de bloquinhos com diversos comandos que se encaixam para a formação do código.

 

Na Mastertech, pessoas de todas as idades também podem aprender a programar, especialmente com o novo projeto Estação Hack em parceria com o facebook! Quer saber mais sobre ele? Veja o vídeo, acesse a notícia do TechTudo aqui e se prepare para se inscrever a partir de novembro 🙂

 

 

Se quiser começar agora, também tem live gratuita chegando para aprender a programar sozinho com a Camila Achutti na Mastertech! Vem fazer sua inscrição aqui 🙂 

Nós devíamos estar ensinando programação para crianças
5 (100%) - 1 voto
Você pode também gostar