Como é aprender programação em 2017
Por Juliana Battistelli

Nunca foi tão fácil e acessível aprender programação quanto hoje, em 2017. Além da infinidade de vídeos no youtube e textos tratando do assunto por toda a internet, existem muitas ferramentas muito úteis para o aprendizado online, linguagens em destaque para cada área que deseja atuar e cursos presenciais que já te colocam na porta para um trabalho no setor. Quer saber um pouquinho mais sobre tudo isso? Chega aqui com a gente!

 

Ferramentas para aprender programação

Não é à toa que existem tantos profissionais de programação sem diploma de graduação trabalhando por aí. A internet existe para deixar o aprendizado mais fácil, acessível e rápido, e as ferramentas para aprender a programar estão por todos os cantos.

 

Nós reunimos aqui algumas delas, com opções gratuitas para você entrar neste universo com a cara e a coragem, e sair com mais uma habilidade em mãos na hora que quiser mudar de carreira, conseguir um novo emprego ou só ter um hobbie diferente.

 

Linguagens para aprender programação em 2017

De acordo com uma resposta dada por Carter Page, gerente de engenharia do Google, as principais linguagens de programação para se aprender hoje são C e C++. Em seu post no Quora, ele definiu C e C++ como as primeira linguagens que qualquer programador deveria saber. O experimento de Carter Page começou quando ele precisou procurar por programadores e descobriu que os que sabiam C ou C++ aprendem visivelmente mais rápido do que os que não sabiam estas linguagens.

 

Claro que não é apenas sabendo uma linguagem de programação específica que você irá alcançar todos os seus objetivos profissionais e financeiros. É preciso ser bom em resolver problemas de forma rápida e eficiente, entender a dinâmica de funcionamento do lugar onde trabalha, escrever código limpo e ser capaz de depurar o código à medida que novos desafios começam a se aparecer.

 

Mas, para começar, vem ver aqui quais são as principais linguagens de programação utilizadas em 2017 para cada atuação que você deseja ter no setor.

 

Atuação Tecnologias necessárias
Programador Frontend HTML5, CSS3, JavaScript e seus frameworks de frontend como AngularJS, etc.
Programador Backend PHP, Java, .NET, Python, Ruby, tecnologias de bases de dado como SQL, MongoDB, NoSQL, etc.
Programador de sistemas C e C++, além de um conhecimento profundo sobre o funcionamento de computadores.
Programador de dispositivos móveis Objective-C e Swift para dispositivos da Apple e Java para aparelhos Android.
Programador de jogos Principalmente C/C++, mas também são importantes Python, Java e Lua

 

Bootcamps de programação

Mesmo que aprender programação pela via online seja fácil, ainda acreditamos que a forma de aprendizado mais válida é em conjunto, em ambientes propícios e com uma equipe bacana. Para esses casos, a melhor experiência offline de imersão em grupo são os bootcamps.

 

Bootcamp é um programa de ensino imersivo que foca nas habilidades mais relevantes de determinada área para atuar no mercado do século XXI. Os bootcamps de programação já são referência lá fora e estão chegando com força aqui no Brasil. Esses programas oferecem um ensino hands-on e de alto impacto para formar desenvolvedores muito mais rápido que o ensino tradicional.

 

Como é aprender programação em 2017
5 (100%) - 1 voto
Você pode também gostar