Seja um funcionário empreendedor
Por Juliana Battistelli

3 minutos de leitura

Por Fernanda Salatini, produtora de conteúdo na Rede Mulher Empreendedora

 

Você já ouviu a máxima de que empreender não necessariamente é começar seu próprio negócio, mas sim uma atitude? Não? Então confira tudo o que você precisa saber sobre a importância da atitude empreendedora em empregos com carteira assinada!

 

Muitas empresas valorizam o intraempreendedorismo, ou em outras palavras, funcionários com atitude empreendedora, que levam organização a realizar novos negócios, que inovam em suas ações e processos e apresentam posturas competitivas. Mas o que o empreendedorismo tem a ver com isso?

 

Não é novidade para ninguém que vivemos um período de crise econômica. Com isso, as empresas recuam as contratações e acabam cortando gastos.  As taxas de desemprego, segundo pesquisa do IBGE em setembro de 2017, estão em 12,4%, o que significa que 13 milhões de brasileiros estão desempregados. Juntamente com essas estatísticas chegamos a um aumento significativo no número de novos negócios abertos no mesmo período. De acordo com um levantamento da Serasa Experian, de agosto de 2017, aproximadamente 600 mil empresas foram abertas no ano passado, número 12,6% maior do que o mesmo período em 2016.

 

Depois desse turbilhão de dados, você deve estar se perguntando: “E se estou empregado, temo pela minha vaga e não quero empreender?” A dica que damos é: adote uma atitude empreendedora! Muitos empresários prezam por funcionários que contribuem para a melhoria da organização, agem em equipe sem terem medo de compartilhar informações e conhecimento e propõem inovações. Isso enriquece o ambiente, além de fazer a empresa crescer.

 

Pensando nisso, reunimos 5 atitudes simples para você aderir dentro do meio corporativo:

 

  1. Encare as dificuldades como lições e coloque em prática o que aprendeu;
  2. Esteja aberto a mudanças e enxergue oportunidades;
  3. Visualize situações de forma diferente;
  4. Atualize-se sempre e não tenha medo de compartilhar conhecimento;
  5. Tenha metas, seja persistente e assuma seus erros.

 

Tudo é uma questão de posicionamento. Se você apresenta ações proativas e inteligentes, é possível que seja considerado indispensável para a empresa que trabalha. É possível ser dono de si e inovador mesmo com carteira assinada. Quer ficar por dentro do ecossistema empreendedor? Confira mais artigos como esse aqui.

 

 

 

Seja um funcionário empreendedor
Avalie esse post
Você pode também gostar