Aperte "enter" para ver os resultados ou "esc" para cancelar.

O que todo gerente de produtos precisa saber sobre desenvolvimento ágil

O desenvolvimento ágil de produtos foi criado como uma reação a diversos desafios que ocorrem de formas sequenciais na organização de projetos. Com a complexidade crescente de projetos de tecnologia, muitos desenvolvedores precisaram substituir seus antigos estilos de gerenciamento por uma lógica mais interativa e flexível.

 

Desenvolvimento ágil se tornou então uma série de técnicas que levam as histórias dos usuários ou suas experiências como primárias para o desenvolvimento de produtos, construindo softwares em interações pequenas, incrementais e baseadas no sucesso de cada teste.

 

Os fundamentos dos métodos de desenvolvimento ágil são fáceis de compreender e aplicar, e eles se relacionam diretamente com conceitos com os quais os gerentes de produto já possuem um contato próximo, como o design thinking, por exemplo.

 

Os fundamentos do desenvolvimento ágil

 

Os métodos ágeis nasceram em 2001 como um conjunto de ideias simples sobre como aperfeiçoar o desenvolvimento de produtos. Seu manifesto de apenas 68 palavras foi o seguinte:

 

Interações individuais > Processos e ferramentas
Trabalhar o software > Documentação compreensiva
Colaboração do consumidor > Negociação de contrato
Responder a mudanças > Seguir um plano

 

A essência está em ouvir o que os usuários têm a dizer em cada etapa, a partir da lógica:

 

“Como uma [característica da pessoa]

eu quero [fazer determinada ação]

para que eu possa [benefício da ação]”

 

Os espaços a serem preenchidos indicam o público, os interesses e as vontades do usuário. A partir dessas premissas conseguidas diretamente com o usuário, é possível escrever testes que irão aperfeiçoar o produto em seu favor.

 

É extremamente importante saber para quem você está vendendo e o que essas pessoas querem antes de começar a construir produtos sem embasamento nenhum.

 

desenvolvimento ágil

 

Como um gerente de produtos usa desenvolvimento ágil

 

De forma mais prática, três práticas vão te ajudar a entrar no desenvolvimento ágil como gerente de produtos.

 

  1. Pare de escrever requerimentos e comece a prestar atenção em experiências;
  2. Use o design thinking para escrever ótimas histórias de usuários para seu produto;
  3. Gerencie suas incertezas a partir de suposições e testes.

 

A maioria dessas atividades deve se adequar muito naturalmente às suas atividades diárias e são os primeiros passos para entender melhor de desenvolvimento ágil e incorporar no seu trabalho.

 

Para se aprofundar mais nessa metodologia, tem live de metodologias ágeis prontinha para você! É só clicar aqui e acessar o conteúdo da Camila Achutti gratuitamente. 😉

 

 

5 (100%) - 1 voto