Para as pessoas introvertidas, participar de um evento ou encontro de networking pode ser desagradável e estressante. Embora a timidez nem sempre ande de mãos dadas com a introversão, os introvertidos tendem a ter pelo menos uma coisa em comum com as pessoas tímidas: grandes grupos e conversas paralelas não são simples.

 

Entretanto, alguns dos maiores empreendedores de todos os tempos eram introvertidos. Como eles faziam para formar suas redes de contato profissionais? É possível ter sucesso e brilhar durante os eventos de networking e entrevistas mesmo que você prefira ficar de fora por completo.

 

Forme sua rede em seus próprios termos

 

Durante entrevistas, reuniões e eventos de networking, pode parecer que tudo está fora do seu controle. Mas você não perde todo o seu poder de ação quando está em rede, compartilhando ideias e decisões com outras pessoas.

 

Se você não gosta de grupos grandes, organize entrevistas informais e conversas individuais. Obtenha o máximo de informação possível antes do encontro. Quem você vai conhecer? Quais são os seus títulos? Quanto tempo estará reservado para a conversa? Assim você pode visualizar e se preparar para o networking.

 

Uma grande parte de ser bem-sucedido como um introvertido, seja no escritório ou na vida social, é conhecer a si mesmo e como você age. Se você costuma fugir depois de se encontrar com um estranho pela primeira vez, ou se raramente participa de grandes eventos, evite reuniões consecutivas e eventos de networking. Existem outros ambientes e situações possíveis para formar suas redes.

 

Mantenha a conversa

 

Quer você esteja em reunião ou trabalhando em rede, a ação fundamental é a mesma: você está se encontrando e conversando com estranhos. Mesmo para os extrovertidos, as pessoas que transbordam conversa fiada, isso pode ser um desafio.

 

Por isso, facilite para as pessoas: faça algumas perguntas mais leves e informais, conheça com quem você está falando antes de levar para o profissional, quebre o gelo. Não seja intrometido ou inadequado, mas esteja preparado para fazer perguntas e conversar sobre outras experiências para além do trabalho. Esse tipo de conexão dura mais tempo e se mostra mais confiável.

 

Pergunte muito

 

Um dos grandes desafios de uma reunião pode ser a questão inesperada. Mas fazendo encontros o suficiente você começará a descobrir que as perguntas formam um padrão familiar. No centro disso, os entrevistadores estão ávidos por informações fundamentais sobre você: onde você trabalhou antes? O que você realizou? Que tipo de pessoa e trabalhador você é?

 

Embora nem todas as reuniões sejam iguais, você começará a ouvir um monte de “fale sobre você mesmo” e “onde você se vê daqui a cinco anos” depois de algumas conversas. Uma boa forma de agir como introvertido é virar o jogo para o outro lado: ouça mais e fale menos.

 

Pratique com os amigos, pergunte o máximo possível. Não seja exigente: até mesmo reuniões de networking que não parecem ser uma boa opção podem levar a algo interessante. Mesmo que isso não aconteça, conversar com alguém que já teve qualquer experiência diferente da sua no setor já lhe dará conhecimentos valiosos.

 

Guarde o contato e retorne

 

Você deve sempre enviar uma nota de agradecimento após uma reunião. Sempre que alguém dedicar algum tempo do seu dia para conversar com você sobre um trabalho, empresa ou setor, é preciso guardar o contato e retornar com alguma forma de obrigado.

 

Isso é apenas ter boas maneiras. Mas não pense nisso apenas como um gesto de bondade. Sabe quando você se realiza só mais tarde da resposta perfeita que poderia ter dado a uma pergunta inesperada ou desafiadora? Use o agradecimento como seu espaço para expandir sua resposta, fornecendo mais detalhes, um toque especial ou o que quer que esteja faltando em sua resposta original.

 

Faça o seu melhor

 

Você não precisa ser introvertido para se sentir um pouco desconfortável falando sozinho. Para os introvertidos, no entanto, essa parte de treino consigo mesmo também pode parecer incrivelmente desagradável.

 

Antes de ir a entrevistas, reuniões e eventos, lembre-se do seu valor. Claro, isso pode parecer forçado e extravagante, mas mesmo que isso exija uma auto-afirmação e prática na frente do espelho, esse auto-encorajamento pode tornar mais fácil mostrar seus pontos fortes e ideias durante uma reunião.

 

Uma boa forma de começar a conversar com seus contatos é apresentando seu pitch. Esse discurso ensaiado de alguns minutos apresentando sua ideia de negócio é fundamental para causar uma impressão e render mais conversas futuras. Quer criar o seu pitch da maneira mais impactante possível? Vem assistir a live online e gratuita para vender seu peixe em 3 minutos!

 

Networking para introvertidos: como criar a sua rede
Avalie esse post
Você pode também gostar