Aperte "enter" para ver os resultados ou "esc" para cancelar.

Contratar programadores, empresa, parceiro ou aprender a programar sozinho?

Como uma startup que oferece cursos sobre gestão e negócios, nós da Mastertech estamos constantemente em contato com diversos empreendedores que estão nos estágios iniciais de construir sua primeira aplicação para web ou mobile. A variação do conhecimento de programação entre eles é grande, e de recursos também.

 

Esse cenário diversas vezes gera o impasse: é melhor contratar programadores para trabalhar no meu projeto, contratar uma empresa de desenvolvimento de software, encontrar um parceiro que entenda de programação para participar ativamente do projeto ou aprender por conta e fazer eu mesmo?

 

Obviamente que cada situação é diferente e não existem regras determinadas neste sentido, mas aqui vão alguns prós e contras para cada uma dessas alternativas para te ajudar na decisão.

 

Contratar programadores freelancer

 

Se você encontrar um bom programador local e bem indicado por alguém conhecido, essa pode ser sua melhor alternativa. Você poderá encontrar com ele pessoalmente sempre que necessário, os custos serão menores do que a contratação de uma empresa e o profissional pode te ajudar em outras etapas do projeto, como manutenção e servidor.

 

Entretanto, é preciso saber que ao contratar programadores freelancer o serviço pode demorar mais a ser feito, já que o profissional não possui apenas o seu projeto para realizar e trabalha sozinho. Se o freelancer não vive na sua cidade, as reuniões terão que ser feitas à distância e isso pode gerar certa impessoalidade para o projeto. Além disso, o contrato com o freelancer é bastante flexível, o que pode gerar algumas dores de cabeça caso o projeto pare no meio sem avisos.

 

Contratar uma empresa de desenvolvimento

 

Fechar um projeto de aplicação com uma agência pode significar desenvolvimento rápido, especializado e de melhor qualidade. O atendimento é melhor, as condições estão todas estabelecidas em contrato, você pode se encontrar com toda a equipe para explicar exatamente o que precisa e pode receber melhores orientações a partir disso.

 

Obviamente que essa opção é mais cara, mudanças no projeto podem custar mais ainda e nem sempre é simples encontrar uma agência de desenvolvimento de confiança, que faça o trabalho que você está procurando.

 

Fazer uma parceria

 

Se você está procurando um CTO para seu projeto ou uma parceria com um programador autônomo, saiba que essa busca pode ser um processo demorado. Encontrar um parceiro que entenda seus ideais, esteja disposto a lutar por eles e ao mesmo tempo ofereça insights construtivos para o seu projeto é desafiador, mas pode ser a melhor coisa que você irá fazer.

 

Ter um parceiro ao seu lado que entende de programação e pode desenvolver grandes projetos com você é muito diferente de uma equipe contratada. Essa pessoa estará dando suor e coração pelo mesmo objetivo que você, então é bem provável que o sucesso esteja mais perto. Para isso, é preciso estar disposto a aceitar e discutir ideias conflitantes, assim como saber trabalhar em equipe e dividir os ganhos do projeto.

 

Aprender a programar e construir seu próprio MVP

 

Não quer saber de lidar com outras pessoas para fazerem o trabalho por você? Sempre existe a opção de fazer você mesmo. Aprender a programar não é um monstro de sete cabeças e conhecer por conta o que está por trás do seu projeto te dará uma boa noção do que funciona e o que não vai para frente da forma que está planejado.

 

Poucas pessoas, entretanto, têm a paciência e o tempo para se dedicar a um curso de programação e desenvolver o produto ao mesmo tempo. Além disso, como você não terá a experiência de anos em programação, provavelmente seu MVP não será o melhor do mercado logo de cara. Mas, como um mínimo produto viável deve ser, servindo para testes já está na hora de lançar.

 

Optou pela última opção e não sabe por onde começar a programar? A Camila Achutti vai te dar uma luz em tudo isso na live online e gratuita Aprenda a programar sozinho. Vem cá fazer sua inscrição e acessar o conteúdo!

 

Avalie esse post