Aperte "enter" para ver os resultados ou "esc" para cancelar.

Como contratar UX designer para sua empresa

Quando falamos sobre a contratação de um profissional de ux, não estamos falando sobre o quanto você precisa de uma interface bonitinha. Ter um UX designer em sua empresa vai muito além disso, como já contamos para você nesse texto.

 

Trabalhar junto com um profissional de UX traz melhores resultados, ajuda a compreender e resolver melhor os problemas do usuário, o que direciona seus produtos e aplicações para experiências melhores.

 

Funcionário, freelancer ou empresa?

 

Existem três alternativas na hora de buscar por seu profissional: contratar um UX designer para a empresa, fechar projetos com um freelancer ou com uma empresa de UX. Tudo vai depender do porte do seu negócio ou dos projetos que pretende desenvolver com UX.

 

Se sua empresa é de porte pequeno ou médio, mas desenvolve novas aplicações constantemente e possui diferentes equipes trabalhando para o andamento dos projetos, a melhor alternativa é ter seu próprio funcionário UX designer. Se seu negócio só agora está desenvolvendo uma aplicação que precisa gerar a melhor experiência para o usuário, considere contratar um freelancer ligado ao seu nicho para auxiliar no projeto.

 

Agora, se sua empresa é de grande porte e precisa de auxílio para alguns projetos que envolvem plataformas mais robustas, o contrato com uma empresa de UX será sua melhor alternativa.

 

O que considerar ao contratar UX designer

 

Ter um bom background de conhecimentos e ferramentas, conhecer o usuário antes de tomar qualquer decisão de design, resolver problemas reais, automatizar frustrações, fazer um design dirigido por dados do usuário e saber como encantá-los. Essas são as principais considerações a serem feitas ao contratar um ux designer.

 

É importante ter em mente que os processos tomados pelo profissional de UX importam mais do que o produto final, então é preciso ver mais do que seu currículo. Compreender se o candidato utiliza mais da inteligência e da análise de dados do que do instinto só vai ser possível em uma conversa ou ao vê-lo trabalhando. Contexto, flexibilidade e empatia são características que precisam caminhar junto com UX designers. É importante que o profissional de UX:

 

  • Saiba como trabalhar de forma colaborativa em um time multidisciplinar;
  • Entenda as capacidades da plataforma para qual está criando;
  • Entregue representações coerentes em ícones de objetos e ações, assim como outros itens gráficos;
  • Seja capaz de expressar hierarquia, grupos, e fluxos de ações para as aplicações;
  • Seja capaz de expressar claramente informações complexas;
  • Faça um design com consistência e padrões bem definidos para além de ser criativo;
  • Faça um design centrado no usuário, conhecendo-os e entendendo suas necessidades.

 

Quais perguntas fazer no momento da contratação

 

Algumas perguntas que você pode fazer para seus candidatos antes de tomar sua decisão são:

 

  1. Você conduz pesquisa do usuário antes de começar qualquer esforço de design?
  2. Você separa seus processos em duas partes: definir o problema e criar as soluções?
  3. Você pode descrever ou mostrar exemplos de suas atividades de análise?
  4. Você pode me dar um exemplo de como características do usuário encaminharam os resultados de design em um projeto seu?
  5. Você pode descrever estratégias de UX que vão além de encantar o usuário?
  6. Você pode analisar o design do nosso site ou outra plataforma e apontar aspectos específicos que têm limitado nosso sucesso?
  7. Por que o seu design se diferencia de outros profissionais de UX e porque essas diferenças são importantes?

 

Com as respostas certas, você encontra o funcionário, freelancer ou empresa ideal para desenvolver projetos que realmente encantam o público, chamam a atenção por serem funcionais e aumentam sua receita em valores reais.

 

5 (100%) - 1 voto