4 minutos de leitura

Talvez você tenha chegado naquele momento da sua vida que não dá mais pra negar: você precisa mudar de carreira. O trabalho já está consumindo toda a sua energia vital, nada do que você produz parece suficiente ou satisfatório, a repetição constante tem esgotado seu potencial para fazer aquilo com paixão.

 

Quando você foi comentar com alguma amiga ou parente, depois de te aconselharem a não fazer isso nesse momento de crise, você provavelmente ouviu algo como:

 

“Tudo bem, se você quer mesmo fazer isso posso te ajudar a procurar um emprego na mesma área, falar com meus contatos.”

 

Ajuda é sempre bem vinda, mas nesses casos é também limitante. O que você precisa entender é que, quando você está se reinventando, é muito provável que você tenha muito mais habilidades transferíveis para outros campos do que você imagina.

 

Não é impossível ir de uma carreira em advocacia para um negócio em programação, ou de uma formação em engenharia ambiental para o design de experiência. Seu background é único no mundo e suas experiências a partir daqui é você quem constrói.

 

Comunique suas habilidades em cada ação

 

Se você quer sair de um trabalho de arquitetura para mergulhar no setor de administração, você pode fazer seu marketing pessoal vendendo sua atenção aos detalhes, sua habilidade de sintetizar ideias e executar sua visão no papel. Pegar dois campos de ação que aparentemente não se relacionam e combiná-los é o melhor jeito de se apresentar ao mudar de carreira.

 

Depois que você desenvolver a consciência das forças que possui a partir de suas experiências anteriores, fica muito mais fácil se posicionar como um profissional de valor e criar bons resultados para a nova carreira.

 

Cultive sua reputação dentro e fora do escritório

 

A maioria das oportunidades que aparecem para nós durante a vida são resultado de nossos contatos. Cultivar uma boa relação com as pessoas dentro e fora do ambiente de trabalho será benéfico para todos os setores de sua vida, sem dúvida nenhuma.

 

Analisar esses contatos e as oportunidades que surgem a partir deles quando você declara que quer mudar de carreira é um ótimo impulso para suas decisões. Quando nós tornamos pública uma vontade, é comum que nossos círculos de relacionamento ajudem a nos mover. Escolher qual dos empurrões seguir é decisão sua.

 

Saiba que a educação contínua está sempre aqui

 

Se sua busca por oportunidades longe de sua área de atuação está muito dura, lembre-se sempre que não existe idade certa para aprender uma nova habilidade. Muitas das indústrias não exigem um diploma de graduação para que você possa trabalhar nelas. Tecnologia, design, marketing, negócios são alguns dos campos que trabalhamos em cursos breves todos os dias na Mastertech.

 

Tire da sua cabeça a ideia de que só até os 20 e poucos anos é possível mudar de carreira, começar um curso, aprender algo novo e conseguir sobreviver de com propósito. O aprendizado vem de qualquer lugar, em qualquer momento da vida. Tudo o que você precisa fazer é começar!

 

 

Quer mudar de carreira? Pense além do óbvio
3 (60%) - 1 voto
Você pode também gostar