4 minutos de leitura

A ligação tão esperada chegou. “Dona Joana, analisamos seu currículo, gostamos do que vimos e queremos trocar um papo com você na próxima semana para vermos se você se encaixa para nossa vaga.” O peito chega a gelar.

 

A alegria é rapidamente substituída pela ansiedade e medo: o que vão me perguntar? Como devo me comportar? Precisarei demonstrar minha experiência? E se eu não souber fazer alguma coisa pedida?

 

No ramo de tecnologia, é muito comum que a entrevista de emprego passe também por uma prova técnica. Essa entrevista técnica é uma forma de visualizar melhor suas habilidades e a forma como funciona seus pensamentos para a prática. Essa fase pode ser desesperadora, por isso é fundamental manter a calma se preparando para o que está por vir.

 

Não importa se vai ser por telefone, face-to-face ou white board, é preciso entender as melhores práticas e saber como se sair bem em entrevistas técnicas para sair empregado. Aqui vão cinco orientações básicas que podem começar a te ajudar nisso.

 

Se informe muito sobre a empresa e vaga antes da entrevista

 

entrevista técnica

 

Veja por esse lado: se você está interessado em uma pessoa e ela não sabe nada sobre você e não demonstra vontade de te conhecer é chato, não é? O processo de contratação se assemelha um pouco com um começo de namoro. É preciso buscar entender exatamente o que a empresa está querendo com você, como ela funciona e como você pode encantar ainda mais o entrevistador.

 

Assine a newsletter, acompanhe as redes sociais, procure conhecer pessoas que já trabalharam na empresa e tirar dúvidas sobre o serviço. Dentro da programação, veja quais quesitos técnicos são os mais importantes e se prepare para mostrar sua experiência dentro de cada um deles com sinceridade. Durante as perguntas, procure deixar claro seu interesse, ligando suas experiências aos fatos que já conheceu sobre a empresa.

 

Respalde a entrevista com sua vivência prática

 

entrevista técnica

– Por que você é do jeito que você é?

 

Parece óbvio dizer, mas fazer uma entrevista técnica significa que não adianta ficar só na conversinha teórica sobre seus conhecimentos. Vai chegar a hora em que você terá que prová-los para além de conceitos abstratos.

 

Esse é o momento de reunir todas as suas experiências práticas na área e explicar detalhadamente sobre elas: quais ferramentas você utilizou? Qual foi a metodologia? Quais foram os passos até encontrar a solução? Teve algum erro pelo caminho? Como você contornou esse erro?

 

As perguntas mais recorrentes em entrevistas técnicas são aquelas que te apresentam desafios onde você terá que mostrar soluções a partir de coisas que já realizou. Ou seja, chegue com a memória fresca para falar sobre o que entende, sem rodeios.

 

Não invente sobre o que não conhece

 

entrevista técnica

– Obrigado por vir, mas não, obrigado.

 

Aí chega o maior medo: e se eu não entender do que está sendo falado? E se eu não souber resolver o problema? Calma, vai ficar tudo bem. O principal é nunca, NUNCA, inventar que sabe sobre o que não conhece.

 

Se a pessoa está fazendo uma entrevista técnica, ela provavelmente entende do assunto que está perguntando. Mesmo que não entenda, é muito fácil descobrir um migué. A melhor atitude que você pode tomar é ser sincero, apontando que não teve contato ainda com o assunto, mas que vai procurar conhecer. Uma boa opção é citar um caso onde você precisou entender uma nova linguagem em pouco tempo para resolver um problema, por exemplo.

 

Pense em equipe

 

entrevista técnica

 

É muito comum que o estereótipo do profissional de tecnologia seja testado. As pessoas tendem a pensar que o programador, por exemplo, é uma pessoa individualista, que trabalha horas sozinho em frente ao computador e tem pouco convívio social.

 

Mostrar que você entende a necessidade de trabalhar bem em equipe e a importância de compartilhar conhecimentos com outros colegas é um ponto bastante positivo em entrevistas técnicas. Use exemplos de projetos realizados com outras pessoas e procure não dizer somente da sua perspectiva de resolução dos problemas, mostrando como foi um trabalho em conjunto.

 

Tire suas dúvidas

 

entrevista técnica

 

O conceito de entrevista não implica que somente a empresa tem o direito de fazer perguntas para você. Antes de topar uma nova experiência de emprego, procure conhecer bem todos os aspectos do trabalho a ser realizado.

 

Depois que todas as perguntas técnicas terminarem, tire suas dúvidas com relação ao ambiente de trabalho, horários, atividades, conhecimentos necessários, equipe ou qualquer outro assunto que ainda não ficou claro para você.

 

Quer conhecer as práticas de resolução de problemas que ajudam você em entrevistas técnicas, assim como entender como treinar para elas, conhecendo procedimentos, ferramentas e as perguntas famosas?

 

Dia 22 de janeiro, às 19h, vamos conversar sobre tudo isso na Mastertech. Clica aqui pra ver como participar! 🙂

 

5 dicas para uma boa entrevista técnica de emprego
Avalie esse post
Você pode também gostar